Blog

Mudam-se as siglas e não as pessoas

fofoca e fofoqueiros

A Aliança Renovadora Nacional (Arena) foi um partido político surgido em 1965 com o objetivo de dar sustentação à ditadura militar. Após a redemocratização, em 1985, a sigla passou a se chamar PDS e, posteriormente, Partido da Frente Liberal (PFL), que seguiu abrigando políticos ligados aos setores que ocuparam o poder durante o regime de exceção. Em 2007, nova mudança: o partido passa a se chamar Democratas (DEM), agremiação do atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. 

O Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB), que tem uma bancada de apenas cinco deputados no Congresso Nacional, agora se chama Avante. O Partido Ecológico Nacional (PEN), com a mesma quantidade de parlamentares atualmente, mudou para Patriota. Já o Partido Social Democrata Cristão, fundado em 1995, agora é simplesmente Democracia Cristã. 

Tal qual na política brasileira, vivenciamos no Fluminense uma tentativa de apagar um passado nada lisonjeiro. Da Vanguarda Tricolor, que nos levou à Série C, virou MR21, que apoiou Pedro Abad, tendo inclusive o Vice-Presidente Geral, Cacá Cardoso e Diogo Bueno os seus notórios representantes nessa gestão. Após demitirem vários jogadores pelo Whatsapp, abandonaram o barco e, num Toque de Midas invertido, viraram oposição com o nome de FUF.

Recentemente, reapareceram com uma nova denominação (Movimento Cidadania Tricolor) capitaneada por uma página no Facebook, onde a maior proposta de gestão é atacar, de forma mentirosa, o Mário Bittencourt. Chegam ao absurdo de associar o nome do Mário à gestão de Pedro Abad, culpando-o indiretamente pela incompetência dessa gestão da Flusócio, que foi apoiada executivamente por eles. Quem não se lembra da frase “Palavras o vento leva”?

A Tricolor de Coração está aberta a críticas, desde que permaneçam no campo das idéias e com o direito ao amplo contraditório. Atacar de maneira apócrifa um dos integrantes do nosso projeto de gestão com mentiras absurdas, que beiram o surreal, tentando passar um atestado de ignorância ao Tricolor que acompanhou todos os erros dessa gestão, da qual eles fizeram parte, não aceitaremos.

Todos sabem quem realmente deu a cara a tapa na defesa do Fluminense durante toda a gestão Pedro Abad. Estão aqui os vídeos com Mário Bittencourt, as postagens de Celso Barros e as dezenas e dezenas de postagens da Tricolor de Coração (veja no final desta postagem) apresentando os erros e oferecendo idéias, sugestões, sempre na defesa do nosso Fluminense.

Videos Mário Bittencourt
Videos / Prints Celso Barros

Guardem os nomes de Julio Bueno, Diogo Bueno, Cacá Cardoso, Marcos Furtado, Antônio Gonzales, Miguel Pacha, Sérgio Galvao (este o grande mentor da união de 2016 entre Flusocio, Pedro Antônio, Peter, Abad e Caca) e tantos outros que vão surgir no caminho. Eles reapareceram com um novo “make up” tentando se passar pelo “novo”, “revolucionário” e “salvadores da pátria”. Todo Tricolor sabe o que fizeram quando estiveram no poder.

Clique na imagem para ampliar

Não deixaremos isso acontecer novamente. Unidos venceremos.

Tricolor de Coração

Leia as postagens da Tricolor de Coração
Postagens da ANTC
Siga e curta a Tricolor de Coração:

Deixe uma resposta